quinta-feira, 26 de maio de 2011

Mapeamento Cultural de Cavalo Bravo

Texto da Ficha 1
MANIFESTAÇÕES CULTURAIS E EVENTOS

VACINAÇÃO DO GADO”Texto da Ficha 6
FIGURAS POPULARES

CHAGA VALDO”
Vaqueiro - Francisco das Chagas Brandão - o Chaga Valdo
Francisco das Chagas Brandão, conhecido como Chaga Valdo, nasceu na comunidade de Cavalo Bravo, em 15/05/1970. Seus pais eram de Lagoa Salgada: Antônio Pereira Brandão e Tereza Maria de Jesus. Hoje tem 36 anos e estudou até a 4ª série.
Chaga Valdo começou a ser vaqueiro quando não quis mandar os outros campear pra ele. Com o tempo começou a campear não só para si, como também para os outros donos de gado. É muito respeitado na sua comunidade, gosta muito de negociar gado para açougue. Ele não trabalha só com gado, mas em outras atividades, como agricultor.
Chaga adora cuidar dos animais, dar injeção contra várias doenças, como febre aftosa, vermes e outras. É o veterinário da região.
Para as crianças e adolescentes isto é uma aventura e querem ser um aventureiro no mato, mas é muito perigoso.

Autora – Francimar Ferreira Brandão
Data - 12/06/2006
Idade - 12 anos


Texto da Ficha 6
FIGURAS POPULARES

TIA ALZIRA”
         Alzira Nunes Brandão de Souza sente-se apoiada pela comunidade para desenvolver a Coordenação Geral nos trabalhos pastorais. É catequista e ministra da Palavra.
Segundo ela, desde criança sentiu-se escolhida para a missão de evangelizar. Exerce este trabalho na catequese, nos grupos de jovens, em círculos bíblicos, grupos de casais, escola, celebração da Palavra, de maneira humilde.
Adquiriu confiança por ser apaixonada pelas crianças. Trata-as com amor e carinho, dando-lhes bons exemplos de vida para que tenham uma adolescência normal e venha a ser um adulto honesto e consciente de seus limites e progressos. “Minha importância é desenvolver e conscientizar as pessoas para uma vida digna e boa espiritualidade”.
Espero que Alzira continue sempre em seus trabalhos na igreja, na escola e nos demais lugares da comunidade onde ela trabalha.
Autor – Yistar Nascimento Barletta
Data - 12/06/2006
Idade - 11 anos


Texto da Ficha 6
FIGURAS POPULARES

O DIA-A-DIA DO AGENTE DE SAÚDE”


     Ao fazer esta entrevista com ao Agente de Saúde Pedro Brandão de Souza, descobri que esse é um trabalho de grande importância, pois o agente de Saúde incansavelmente vai de casa em casa orientando as mães como cuidar da saúde de seus filhos, como evitar doenças, orienta as gestantes a cuidarem de sua saúde e da do bebê, acompanha a saúde dos idosos, orientando como tomar medicamentos.
Enfim, é um trabalho pela saúde de toda a comunidade, incluindo até a saúde dos animais. Eles acompanham o crescimento e o peso das crianças, cuidando de seu crescimento normal em prol da vida.

Autor – Maria Elizangela Brandão
Data - 12/06/2006
Idade - 12 anos

Texto da Ficha 6
FIGURAS POPULARES

RAIMUNDO NONATO FREITAS”

Raimundo Nonato Freitas, 35 anos, conhecido como Raimundinho, residente na comunidade de Formosa. Tornou-se uma figura popular por ser uma pessoa comunicativa e por ter um bom relacionamento com as pessoas.
Agente de saúde,realiza um trabalho muito importante repassando informações para as famílias, repassa dados da comunidade para a Secretaria de Saúde, como Bolsa-Família, abastecimento de água, diarréias, infecções respiratórias, crianças desnutridas, diabéticos e outros.
Para o entrevistado, as crianças e adolescentes no futuro terão uma saúde que façam eles se orgulharem.
O trabalho tem sua importância positiva por que tem objetivos relacionados com a comunidade, onde existe um elo de repasse de informações sobre os problemas da área de abrangência. A comunidade tem seus problemas comunicativos com o setor de saúde, para que esses problemas sejam relacionados mais brevemente e tenham uma saúde mais digna”, finaliza.


Autor – Carlos Gelson da Mata Freitas
Data - 12/06/2006
Idade - 10 anos


Texto da Ficha 7
EXPRESSÕES E VOCÁBULOS LOCAIS E REGIONAIS


AH, MEU DEUS!”

Ah meu Deus é uma expressão muito usada pelas pessoas da comunidade de Cavalo Bravo. Significa espanto, admiração.
Não sei o histórico desta expressão, sei que é muito usada, principalmente pelos mais velhos. É usada em conversas ou em situações em que se assiste alguma cena: “Ah, meu Deus, com é que isso foi acontecer!”
É uma expressão muito usada. Por esta razão, acaba fazendo parte do vocabulário das crianças e adolescentes. Para a entrevistada, essa expressão é importante para não morrer a tradição.

Autor – Rafaela Ferreira Brandão
Data - 12/06/2006
Idade - 09 anos

Texto da Ficha 7
EXPRESSÕES E VOCÁBULOS LOCAIS E REGIONAIS



TE LIGA”

Te liga é uma expressão muito usada em nossa comunidade, principalmente pelos mais jovens, que significa para a pessoa ficar esperta.
É muito usada em momentos de conversa entre duas pessoas. Quando um fica desatento o outro diz!” Te liga!”.
É muito importante o uso de uma expressão numa comunidade porque expressa sua identidade.


Autor – Maria Patríca Souza
Data - 12/06/2006
Idade - 11 anos



Texto da Ficha 7
EXPRESSÕES E VOCÁBULOS LOCAIS E REGIONAIS


ARRAM”

Segundo o entrevistado, Osmundo Sousa Albuquerque, “arram” é usado quando alguém está concordando com outras pessoas e o “arram” sempre foi usado em todo o Município para concordar com o que está sendo dito ou questionado, por exemplo.
O trabalho está terminado” “Arram!”. É de grande importância para as crianças e adolescentes, pois podem utilizá-la em seu dia-a-dia.
Esta expressão é de grande importância para a comunidade, por isso é necessário que ela seja preservada.


Autor – Maria Deliane Costa
Data - 12/06/2006
Idade - 14 anos


Texto da Ficha 7
EXPRESSÕES E VOCÁBULOS LOCAIS E REGIONAIS


COMO É QUE PODE?”

A expressão “como é que pode” é muito usada tanto por pessoas idosas como por pessoas jovens. Significa que as pessoas não aceitam o que está acontecendo em momentos de desespero.
Essa expressão exige há muito tempo. “Não sei de onde surgiu, mas uso com muita freqüência”.
Uma expressão como essa nunca pode desaparecer do nosso vocabulário para que nossa cultura não desapareça.


Autor – Francisca Maria de Souza
Data - 12/06/2006
Idade - 12 anos


Texto da Ficha 7
EXPRESSÕES E VOCÁBULOS LOCAIS E REGIONAIS



PRA MODE”

Pra mode” é uma expressão usada em conversas entre amigos que significa pra quê.
Não se sabe o histórico dessa expressão, mas segundo a entrevistada é usada em conversas informais como por exemplo:
- Vamos sair pra mode nós ficar mais à vontade.
Esta expressão é importante para perpetuar a cultura local.


Autor – Maria Janiele de Sousa
Data - 12/06/2006
Idade - 11 anos


Texto da Ficha 7
EXPRESSÕES E VOCÁBULOS LOCAIS E REGIONAIS

POR FORÇA”

As pessoas mais velhas, sempre que iam conversar utilizavam a expressão “pó força”. Nos dias atuais, esta expressão é menos utilizada, mas ainda há quem a use. Isso acontece quando duas ou mais pessoas estão conversando e sempre no meio da conversa usam esta expressão, então quer dizer que concorda com algo que falou.
Às vezes facilita para as pessoas entenderem melhor, por que é uma expressão que é usada para afirmar algo que as pessoas falam. Nesse mundo em que estamos é mais comum os jovens, as crianças, quer dizer os mais novos, falarem dessa maneira. Muitos pensam, ou melhor, falam com intensão de ignorância, mas na verdade não é.
São apenas ditados dos idosos que vêm de uma geração antiga, dos avós, que passam para os filhos, netos, bisnetos, e assim vai freqüentemente. No Ceará é bastante pronunciada esta expressão pelas pessoas, pois é uma forma que o cearense tem. Por isso temos que dar valor ao nosso querido Brasil.

Autor – Valdiana
Data - 12/06/2006
Idade - 15 anos

VAQUEJADA
video
Esta manifestação acontece na comunidade de Cavalo Bravo há muito tempo.
Mais ou menos 15 vaqueiros se juntam em um local e vão campear o gado, depois que encontra o gado no mato, juntam todos, trazem para o curral para vacinar.
A história acontece desde a Antiguidade, ela vem das pessoas mais velhas e vai passando para os mais novos. Há muitos anos atrás vem vindo até hoje esse acontecimento. Essa história acontece através dos vaqueiros que vão pegar o gado para vacinar.
Para conseguir pegar o boi é preciso laçar e derrubar o bicho, depois o vaqueiro senta em cima e aplica a vacina”.
Para o sr. João Jacinto, a vacina é muito importante para evitar doenças.
Dia de vacinação é dia de festa em Cavalo Bravo, muitas pessoas vêm assistir ao evento inclusive pessoas de outras comunidades. Nesse dia mata-se um boi para comerem na casa de um dos vaqueiros. As mulheres dos vaqueiros se reúnem e fazem churrasco, cozido e panelada. Depois da comilança vem a bebedeira. Eles fazem uma roda e vão conversar, fazer repentes, e no final do dia levam o gado de volta ao campo.

Autor – Maria Josiane de Souza
Data - 12/06/2006
Idade - 12 anos


Texto da Ficha 1
MANIFESTAÇÕES CULTURAIS E EVENTOS



FESTAS JUNINAS”



Na comunidade de cavalo Bravo todos os anos acontece o festival cultural. Este evento se repete a cada ano desde 2000, com a participação de aproximadamente 25 pessoas. Começou com o desempenho de professores, alunos e algumas pessoas da comunidade.
Quando chega o mês de junho todos ficam na expectativa de chegar o dia o dia do festival. É uma alegria só, com músicas, danças, roupas coloridas e muitos aplausos. Às vezes nosso festival é apresentado em outras comunidades do Município.
Este evento é assistido pelas pessoas da comunidade; homens, mulheres e crianças e é muito importante para resgatar nossas raízes.


Autor – Rossiane Vasconcelos de Souza
Data - 12/06/2006
Idade - 12 anos


Texto da Ficha 1
MANIFESTAÇÕES CULTURAIS E EVENTOS



FESTA DO PADROEIRO”



A festa do Padroeiro começou em 1998, pela organização da equipe de liturgia da comunidade, porque esses católicos pretendem fazer crescer a Igreja de Jesus cristo e tornar seu Evangelho conhecido.
Conta-se na capela em galada, xote, forró, samba, valsa, etc. os instrumentos são humanos, canta-se louvores, salmos, aclamações, etc. na abertura da festa, faz-se procissão, usa-se andor, imagem, flores, velas, túnicas brancas, etc.
Essa festa é um momento de oração onde a comunidade inteira e as comunidades convidadas realizam novenas todos os dias durante uma semana durante o novenário mais ou menos 300 pessoas entre adultos, jovens e crianças.
Para crianças e adolescentes essa manifestação é muito importante para desenvolvê-las no cristianismo através dos bons exemplos, dos pais e pessoas da comunidade para que conheçam nosso Deus.


Autor – Geany Emanuelly do Nascimento
Data - 12/06/2006
Idade - 11 anos


Texto da Ficha 1
MANIFESTAÇÕES CULTURAIS E EVENTOS



CELEBRAÇÃO”
A comunidade de Formosa é pequena. Apesar do número mínimo de pessoas, todas são muito religiosas e um certo tempo surgiu a necessidade de fazer as celebrações aos domingos.
Segundo o entrevistado, Francisco Henrique da Conceição, a primeira vez que a comunidade celebrou foi em 1994. “E eu, juntamente com a comunidade, formamos um meio de incentivar crianças e adultos no nosso meio”, diz o entrevistado. “A celebração é o momento de louvor a Deus e já que somos cristãos, acreditamos que cristo está em nosso meio”, continua.
O entrevistado conta como a comunidade fala com Deus: “as pessoas se reúnem e evocam a Santíssima Trindade, cantam músicas sacras, fazem leituras bíblicas, lêem os avisos e em nome de Deus todos vão embora”, conclui.
As celebrações são pra todas as idades: crianças, adolescentes, adultos e idosos. Ela busca conscientizar para a intensificação dois valores humanos, ético e familiar para que cresçam sabendo seus direitos e deveres como membros da família.
Para mim, que sou Ministro da Palavra, a celebração, a religiosidade das pessoas para que tenhamos um mundo melhor”, encerra.




Autor –Andreza Maria Silveira Louzada
Data - 12/06/2006
Idade - 10 anos